Sobre nós


Bem-vindo ao nosso blog. Eu sou escravinho{AR}, marido e escravo da Senhora Abelha Rainha. Estamos juntos desde 2006, e a dinâmica BDSM sempre fez parte de nosso relacionamento. Desde 2008 sou escravo encoleirado e propriedade única da Senhora Abelha Rainha. Em 2011 assinei um contrato de escravidão que concede à minha Rainha posse sobre mim e toda a minha vida, cedendo completamente a liberdade para que Ela possa fazer o que bem entender comigo. Não possuo liberdades, tudo que faço deve ser comunicado à Ela. Meus erros são punidos por Ela com castigos físicos e psicológicos, sempre com o objetivo de me educar para que o erro não se repita.


Somos jovens, ambos com 25 anos, e começamos cedo numa relação de D/s, mas isso não é tudo sobre nós. Apesar do relacionamento ser BDSM 24/7, nós saímos de casa e temos uma vida relativamente normal. Gostamos de ver filmes, seriados, sair para bons restaurantes e passear em shopping centers ou mesmo nos calçadões de comércio tanto de Recife, onde moramos, como das cidades que eventualmente visitamos. Não gostamos de locais muito cheios e barulhentos. O sentido que mais tem efeito sobre a Senhora Abelha Rainha é a audição, logo, música boa em locais de boa acústica são essenciais para Ela sentir-se bem. Praias tranquilas e cidades de interior pequenas e amistosas são o paraíso a Senhora Abelha Rainha.

Minha Rainha pode ter relacionamentos fora de nosso casamento, e já fez isso algumas vezes. Ao iniciar um relacionamento extra, todas as partes envolvidas são informadas da existência das outras, apesar d'Ela não falar com mais detalhes sobre nossa vida BDSM. Ela nunca está interessada apenas em sexo, e sim em pessoas agradáveis para compartilhar bons momentos com Ela... o sexo vira consequência desta boa convivência. Recentemente, minha Rainha decidiu também possuir mais um servo, e a seleção para esta posição está aberta.

Um dos aspectos mais importantes que a Senhora Abelha Rainha faz questão de controlar rigidamente em mim são meus orgasmos, carinhosamente chamados por Ela de "chegadas". Vivo trancado 24/7 num cinto de castidade (para os mais puristas, um "dispositivo" de castidade CB-6000S, mas pretendemos comprar em breve um modelo de metal mais adequado à minha anatomia "reduzida"), e apesar de até o momento Ela me liberar com frequência, geralmente pelo menos uma vez por mês, já fui trancado por mais de dois meses e um dos objetivos Dela é conseguir me deixar sem chegar por períodos mais longos.

Se quiser nos conhecer melhor, acesse meu perfil no fetlife ou entre em contato conosco através dos comentários de nossas postagens. Ficaremos felizes em conversar com pessoas interessantes.

2 comentários:

  1. PARABÉNS PELO ESTILO DE VIDA ,CARA!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, cara! Parabéns aos dois!
    Abraços
    Podo_PE

    podo_pe@live.com

    ResponderExcluir